Lyon: o que fazer em 3 dias na terceira maior metrópole francesa

Lyon pode até não ser tão bonita quanto Paris, mas nem por isso é menos interessante. Na verdade, quando se trata de qualidade de vida, a metrópole, que fica próxima aos Alpes Franceses, trava uma batalha acirrada com a cobiçada Cidade Luz entre das melhores cidades para se morar na Europa, segundo o ranking publicado pela revista Business Insider UK. O ranking leva em conta estabilidade, cuidados de saúde, cultura, meio ambiente, educação e infra-estrutura. 

Mas classificações à parte, uma coisa é fato: a energia tranquila da cidade pode ser notada logo de início, principalmente se você está vindo diretamente de Paris e suas ruas abarrotadas de gente. Lyon também é ainda considerada a capital gastronômica da França e é famosa pelos chamados bouchons, espécie de restaurante/bar onde se pode comer comidinhas “gordas”, como diversos tipos de linguiça com sangue de boi. 

Outra coisa interessante é que, diferentemente da maioria das cidades europeias, Lyon é cortada não apenas por um rio, mas sim dois: Saône e Rhône.  Entre eles forma-se uma espécie de ilha, chamada Presq’île, que é praticamente o coração da cidade. Veja aqui o que fazer em Lyon, para não perder nenhum detalhe!

Roteiro de 3 dias em Lyon

Dia 1 – Presq’île e La Croix Rousse

IMG_0913

IMG_1057

Sugiro começar a andança pela Place Bellecour, uma praça bem ampla no centro da “ilha”. No meio dela está uma estátua do Rei Luis XIV, uma roda-gigante e também um escritório de turismo, onde você pode ir pedir qualquer informação e conseguir um mapa da cidade. A praça é também o início da Rue de la Republique, a principal avenida de Lyon, onde você encontra inúmeras lojas e alguns restaurantes.

Aproveite a caminhada pela avenida para comprar chocolates de qualidade na loja Voisin. E se a fome bater vá até a Rue Mercière, uma rua lindinha cheia de ótimos restaurantes. De lá, continue pela Rue de la Republique até a Opera de Lyon.

Ali perto está a Place des Terreaux e o Musée des Beaux Arts de Lyon. Após a visita aproveite o final da tarde ou a noite para conhecer o bairro boêmio La Croix Rousse, que se estende por uma colina. Inúmeros bares e lojinhas alternativas dão o ar “cool” do lugar.

Dia 2 – Vieux Lyon e Colina Fourvière

IMG_1053

IMG_1043

IMG_1047

Reserve o segundo dia para conhecer a Vieux Lyon, ou “Velha Lyon”, que, como o nome sugere, é a parte mais antiga da cidade. O bairro é um mix da arquitetura medieval e renascentista. Não é a toa que Lyon é conhecida como a capital da renascença francesa, pois é ali que se pode perceber claramente a influência italiana na arquitetura. Quem já foi para a Itália provavelmente irá notar algumas semelhanças nas casas e edifícios.

Depois de caminhar pelas ruelas da parte antiga da cidade, é hora de malhar as pernocas e subir a Colina Fourvière – ou então pegar o elevador até o topo. Lá no alto está a Basílica Nossa Senhora de Fourvière e também um mirador com uma vista privilegiada de toda a cidade. A Básilica foi construída  em homenagem à Virgem Maria, pois acreditava-se que a Virgem salvou a cidade da epidemia de cólera de 1643. O acontecimento inclusive deu origem a Fête de Lumières, um festival que acontece entre os dias 6 e 9 de dezembro no qual a cidade é tomada por luzes coloridas. Não cheguei a ver o evento, mas só de ver as fotos dá para ver que deve ser algo incrível!

Dia 3 – Parc de la Tête d’Or

IMG_0989

O terceiro dia pode ser aproveitado para conhecer o Parc de la Tête d’Or. Com cerca de 117 hectares, este é o maior parque urbano da França. Há diversas entradas, mas a principal fica no Boulevard des Belges e a estação de metrô mais próxima é a Masséna.

Se estiver com pique, uma opção é ir andando pelas margens do rio Rhone, mas se prepare para uma bela caminhada. Além de belos jardins e espaços para praticar esportes, uma das principais atrações é o zoológico que é aberto para o público e não precisa pagar para entrar. PS: Sou contra zoológicos, mas fica a dica para quem quiser conferir, já que a entrada é livre. 😉

Publicado por Bruna Aranguiz

Paulistana, jornalista e viajante. Vivendo na Irlanda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s