Roteiro Riviera Francesa: 7 dias por belas praias e vilarejos medievais

Chame-a como lhe convir: Côte d’Azur, Costa Azul ou Riviera Francesa. Seja qual for a nomenclatura, uma coisa é fato: a região localizada no sul da França dispõe de um mix maravilhoso de praias, campos e colinas, espalhados entre diversas cidades e vilarejos

Seja de trem ou de carro, saiba que cenários panorâmicos de cair o queixo são garantidos. E, entre as belíssimas paisagens, ótima gastronomia, vibe praiana, cidades medievais e cena cultural agitada, fica difícil decidir por qual cidade passar. A boa notícia é que a distância entre muitas delas é curta – cerca de 30 a 40 minutos de carro ou trem – portanto é possível conhecer um pouquinho de cada.

Recomendo montar base em Nice para fazer, a cada dia, um bate-volta para uma cidade diferente. Veja neste post uma sugestão de roteiro de 7 dias pelas regiões da Provence e Côte d’Azur:

LEIA TAMBÉM: Côte d’Azur: o que você precisa saber antes de montar seu roteiro

Dia 1 – Nice

A quinta cidade mais populosa da França é também um dos destinos mais visitados do país. E não é para menos. Nice tem de tudo um pouco: praia, museus, bons restaurantes, construções históricas, ótimas ruas para compras e uma cena noturna animadíssima – um verdadeiro mix de atrações que faz do local um destino imperdível para qualquer gosto. 

Além disso, Nice dispõe de uma energia e vigor difícil de não serem notados. A famosa Promenade des Anglais, onde está o calçadão da praia vibra com turistas e locais que passeiam à pé, de bicicleta, patins, etc., e é um ótimo ponto de partida para começar o passeio. Passei apenas um dia na cidade e consegui ver bastante coisa, mas, caso tenha tempo, fique mais um dia ou dois para aproveitar com calma.

Dia 2 – Saint-Paul-de-Vence

Parada mais que obrigatória para qualquer pessoa que visita o sul da França. Situado no topo de uma colina e cercado por uma muralha, esse pequeno vilarejo medieval está a menos de 30 minutos de carro (13km) do aeroporto de Nice e é um verdadeiro reduto de artistas e galerias de arte, que se espalham por cada esquina. A herança vem de artistas renomados que passaram por ali, como Matisse, Chagall e Simone Signoret. 

As ruelas, cheias de história, são um charme por si só. Então aproveite para caminhar com calma e prepare-se para comer bem. Apesar de pequeno, o vilarejo dispõe de excelentes restaurantes. Mas, por estar sempre lotada de turistas, recomendo fazer reserva com antecedência. 

LEIA TAMBÉM: Saint-Paul-de-Vence: conheça o encantador vilarejo medieval em um dia

LEIA TAMBÉM: Lyon: o que fazer na terceira maior metrópole francesa

Dia 3 – Cannes

Difícil imaginar que Cannes já foi uma aldeia de pescadores e agricultores até o início do século XIX. Famosa pelo Festival de Cinema Internacional, a cidade hoje é sinônimo de glamour e sofisticação. Basta uma rápida caminhada pela avenida principal, a La Croisette, para se deparar com lojas de grife e hotéis luxuosos.

Mas não se engane, Cannes não é só isso. Apesar da fama, a cidade é mais modesta do que parece e resguarda muita história também. A parte antiga esconde ruazinhas estreitas e restaurantes despretensiosos que contrastam com o restante da cidade. Embora eu tenha considerado a cidade bastante “overrated”, por não ser tudo aquilo que dizem, ainda assim vale a visita, com destaque especial ao centro velho, o Suquet. Aproveite ainda a praia, que diferente de Nice, é formada de areia e não pedrinhas.   

Dia 4 – Mônaco

País da Fórmula 1, do casino à la James Bond, dos yatchs e de dos carrões, Mônaco é provavelmente a cereja do bolo de todo o luxo e ostentação da Côte d’Azur. 

Em termos de tamanho, o principado da família Grimaldi perde apenas para o Vaticano e ocupa o segundo lugar no pódio de menor país do mundo. E, sem dúvida, abriga algumas das maiores contas bancárias também. Seus pouquíssimos 2km quadrados de extensão se dividem em 4 distritos: Monaco-Ville, Condamine, Monte Carlo e Fontvieille. 

Apesar do tamanho enxuto, Mônaco tem bastante a oferecer aos turistas. Ruas e avenidas sinuosas se intercalam entre um sobe e desce de casas e prédios. A praia não é das mais bonitas, mas assim como Cannes é palco de uma realidade luxuosa paralela, interessante de ser observar. Além disso, está aí um país a mais para riscar da sua lista. 😉

Dia 5 – Villefranche-sur-Mer e Éze Village

Basta pegar a estrada que permeia o mar mediterrâneo na mesma direção de Mônaco para se deparar, no meio do caminho, com a elegante e bem-cuidada Villefranche-sur-Mer. Apesar do trânsito caótico em certas partes do dia, paisagens lindas são garantidas durante o percurso. É possível chegar de trem também.

A praia, que assim como Cannes, é formada por areia, se estende pela orla quase como um convite para que o visitante jogue uma toalha e aproveite o sol que dá as caras quase o ano inteiro. Caso esteja com trajes de banho, dê um mergulho no mediterrâneo e aproveite um dos inúmeros restaurantes no calçadão da praia para almoçar ali mesmo

De lá, siga de carro ou de ônibus até o topo da colina onde encontra-se Èze-Village, este outro vilarejo medieval que trava uma disputa acirrada com Saint-Paul-de-Vence em termos de fofura. Também cheia de ruazinhas charmosas, comida boa e herança artística, por ter acesso um pouco mais difícil do que Saint-Paul-de-Vence, a vila parece guardar ainda um resquício da sua essência e tranquilidade. 

Em tempo: Infelizmente, durante minha visita percebi que estão construindo um estacionamento enorme por perto que, sem dúvida, irá tirar um pouco do sossego do local. Ainda assim, não deixe de ir!

Dia 6 – Antibes e Théoule-sur-Mer

Inclua Antibes no roteiro já que ela está no meio do caminho. Pacata e muito mais despretensiosa do que a vizinha Cannes e da agitada Nice, Antibes tem ares de cidade do interior embora seja litorânea. 

O diminuto centro antigo, cercado por uma muralha, e o simpático coreto na pracinha central dão o ar interiorano ao local. Passeie tranquilamente entre as ruelas e aproveite para levar seu traje de banho e curtir o dia na praia. Uma opção, caso esteja com menos tempo é fazer Antibes e Cannes no mesmo dia, já que as duas cidades estão a 12km de distância. 

Caso contrário, siga até Théoule-sur-Mer, uma parte muito menos explorada pelos turistas estrangeiros, mas muito recomendada pelos locais para quem busca um bom banho de mar. Encontre seu espacinho ao sol na Plage du Château, sem dúvida uma das melhores praias para relaxar e nadar que passei (mas atenção: não espere praias como no Brasil, porque você irá se decepcionar). Quando a fome bater, recomendo fortemente o restaurante Les Voiles de Théoule, que oferece pratos deliciosos e bem-servidos de frutos do mar, pastas e carnes. 

Dia 7 – Grasse

O último dia da viagem pode ser dedicado a uma dobradinha para alguma das cidades do roteiro. Ou pode ser ainda uma oportunidade para explorar um pouco mais a fundo a região da Provence. 

A cerca de uma hora de Nice (de carro ou de trem) está Grasse, cidade famosa pelos perfumes e campos de flores. Rosas, lírios, jasmins e outras tantas espécies têm servido de fonte para a indústria da perfumaria desde o século XVI. Marcas famosas como Dior, Chanel e Givenchy criaram perfumes famosos a partir das flores locais.

Não à toa o Museu Internacional da Perfumaria é uma das principais atrações da cidade e dispõe de uma série de artefatos e informações que contam a história do perfume na região e no mundo. Já a Parfumarie Fragonard oferece tours guiados que mostram o processo de produção das fragrâncias, enquanto na Parfumerie Galimard visitantes podem criar seu próprio perfume. É possível ainda visitar alguns dos jardins de flores. Encontre mais informações sobre os passeios aqui

Publicado por Bruna Aranguiz

Paulistana, jornalista e viajante. Vivendo na Irlanda.

2 comentários em “Roteiro Riviera Francesa: 7 dias por belas praias e vilarejos medievais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s