Côte d’Azur: o que você precisa saber antes de montar seu roteiro

Palco de um verdadeiro pot-pourri de paisagens – de praias banhadas pelas águas calmas do mediterrâneo a graciosos campos de lavanda, colinas adornadas por cidades medievais e imponentes montanhas alpinas – a Côte d’Azur, no sul da França, é desses destinos que merece ser conhecido com calma. Dentre tantas atrações e paisagens diversificadas, fica difícilContinuar lendo “Côte d’Azur: o que você precisa saber antes de montar seu roteiro”

Lyon: o que fazer na terceira maior metrópole francesa

Lyon pode até não ser tão bonita quanto Paris – padrão difícil de superar – mas nem por isso é menos interessante. Em termos de qualidade de vida, aliás, a metrópole, que fica próxima dos Alpes Franceses, ultrapassa a Cidade Luz na lista das melhores cidades para se morar na Europa publicada pela revista BusinessContinuar lendo “Lyon: o que fazer na terceira maior metrópole francesa”

Grécia: roteiro de 10 dias em Atenas, Santorini e Mykonos

Lua de mel na Grécia pode até soar clichê, mas, como costumo dizer, todo clichê tem sua razão de ser, é ou não é? As Ilhas Gregas (com destaque para Santorini), inspiram romantismo e são mesmo o destino ideal para a ocasião. Por isso abracei sem vergonha alguma o “clichêzismo” e não pensei duas vezesContinuar lendo “Grécia: roteiro de 10 dias em Atenas, Santorini e Mykonos”

Toronto: 5 opções para comer bem na simpática metrópole canadense

Acredita-se que o nome “Toronto” se origina da palavra indígena que significa “lugar de encontro”. E a nomenclatura não poderia ser mais apropriada: a população de 2,8 milhões de habitantes é composta por uma grande porcentagem de imigrantes das mais diversas nacionalidades. Conhecer Toronto é conhecer o mundo todo em um só lugar. Passear entre osContinuar lendo “Toronto: 5 opções para comer bem na simpática metrópole canadense”

Bem-vindos!

Curiosa e independente desde criancinha, a vontade de descobrir lugares novos, experimentar comidas diferentes e viver experiências inusitadas sempre foi o combustível que me impulsionou a querer desbravar as maravilhas que esse mundo tem a nos oferecer. Essa curiosidade, aliás, é o que talvez tenha me levado a escolher o jornalismo como carreira. Mas deContinuar lendo “Bem-vindos!”